Finanças

IOF e Selic aumentam nesta semana

23/09/2021 08:18 | Fonte: Da assessoria

Imposto e juros encarecem custo do crédito para empresas e famílias até o final do ano.

A+ A-

Novas alíquotas do IOF encarecem crédito para consumidores.  - FreePik Novas alíquotas do IOF encarecem crédito para consumidores. - FreePik
As operações de crédito para pessoas físicas e jurídicas ficaram mais caras desde segunda-feira, 20, com o aumento das alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O ajuste no imposto tem o objetivo de financiar o novo bolsa família do governo federal.

De acordo com o decreto que institui o ajuste, a alíquota do IOF nas operações de crédito realizadas por pessoas físicas foi de 3% ao ano para 4,08%, e para pessoas jurídicas o valor foi de 1,50% para 2,04%. A mudança vale até 31 de dezembro deste ano.

Entre as operações que tiveram seus valores reajustados estão o cheque especial, o cartão de crédito, o crédito pessoal e os empréstimos para empresas.

Para o consultor financeiro da ANAJUSTRA Federal, José Carlos Dorte, o aumento irá impactar na inflação e na atividade econômica. “É importante que nossos servidores estejam atentos, pois as taxas de juros já estão muito altas devido ao aumento da taxa Selic que foi para 6,25% e agora somado ao aumento do IOF, é preciso avaliar os planos de adquirir qualquer tipo de empréstimo”, alerta o especialista.

Consultoria financeira, gratuita e sigilosa

Com a consultoria financeira da ANAJUSTRA Federal, o associado tem à sua disposição um atendimento personalizado para organizar suas finanças.

O serviço, prestado por um consultor especialista em finanças, é um importante apoio para o servidor na declaração do Imposto de Renda e no esclarecimento de dúvidas sobre o mercado financeiro, investimentos, economia doméstica, aposentadoria e mais.

Acesse o site anajustrafederal.org.br/beneficios/consultoria-financeira/fale-com-o-consultor/ e fale com o consultor.