Institucional

ANAJUSTRA Federal participa do Dia Nacional de Mobilização

18/01/2022 16:37 | Fonte: Da assessoria

Atos pela recomposição salarial do funcionalismo aconteceram em Brasília, nesta terça-feira, 18.

A+ A-

O Dia Nacional de Mobilização, que aconteceu em Brasília nesta terça-feira, 18/1, em dois atos, contou o apoio de mais de quarenta entidades representativas dos servidores públicos, entre elas, a ANAJUSTRA Federal.

No primeiro deles, realizado nesta manhã em frente ao Banco Central, a representante da associação, Janedir Morata, reforçou o coro pela recomposição do salário de todo o funcionalismo federal e repúdio à reforma administrativa (PEC 32/20). Ela também participou do ato promovido durante a tarde de hoje, em frente ao Ministério da Economia.

A paralisação das categorias é uma resposta ao Congresso Nacional que aprovou reajuste apenas para as polícias federais, para o Departamento Penitenciário Nacional e para as carreiras do Ministério da Justiça.

Janedir Morata, representante da ANAJUSTRA Federal, na mobilização desta terça-feira, 18, em frente do Banco Central. - ANAJUSTRA Federal Janedir Morata, representante da ANAJUSTRA Federal, na mobilização desta terça-feira, 18, em frente do Banco Central. - ANAJUSTRA Federal
Esta é a primeira das três manifestações marcadas pelos servidores e a possibilidade de uma greve geral em fevereiro já está sendo discutida.

Atuação da ANAJUSTRA Federal

Em defesa da adequação salarial e valorização da carreira do Judiciário, a ANAJUSTRA Federal encaminhou ofício ao Fórum de Discussão Permanente de Gestão da Carreira dos Servidores do Poder Judiciário da União, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em dezembro passado. Nele, também pediu para integrar o Fórum.

Na última sexta-feira, 14/1, também enviou ofício aos presidentes dos Tribunais Superiores e Conselhos (STF, STJ, TST, TSE, STM, CNJ, CSJT e CJF), além do TJDF, solicitando a justa garantia de uma condizente recomposição da remuneração dos servidores.

Complementarmente, a entidade requereu audiência com cada um dos presidentes dos Órgãos e Conselhos respectivos, que têm a competência e autorização constitucional para o encaminhamento do projeto de lei para a indispensável melhoria da carreira.