Notícias da Justiça e do Direito nos jornais desta quarta-feira

Você ainda pode ler 6 conteúdos este mês

Valorize o conteúdo feito especialmente para você, servidor do Poder Judiciário.

Já é associado? Faça seu login e desbloqueie todos os conteúdos do site.

O destaque das notícias desta quarta-feira (2/6) é a decisão da Justiça de São Paulo, que mandou a júri popular o empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, acusado de envolvimento com o assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT). A sentença foi decretada na segunda-feira, (31/5), pelo juiz Antonio Hristov, da 1ª Vara da Comarca de Itapecerica da Serra (Grande São Paulo), onde o corpo de Daniel foi localizado em janeiro de 2002. O julgamento ainda não tem data. Cabe recurso. Os jornais O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo deram destaque à notícia.

Acusada de tortura

O juiz Mário Henrique Mazza, da 32ª Vara Criminal, negou pedido de prisão domiciliar para a procuradora aposentada Vera Lúcia Gomes. Ela é acusada de torturar menina de dois anos que pretendia adotar. Desde o dia 13 de maio, a procuradora está presa na Penitenciária Nelson Hungria, no Complexo de Gericinó, em Bangu. A defesa alegou no pedido que a acusada encontra-se “em estado deplorável, descalça, descabelada, bastante trêmula e recusando qualquer alimentação”. As informações são do jornal O Globo.

Cobrança de ICMS

O jornal DCI informou que a 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça considerou legal a cobrança antecipada do diferencial de alíquota do ICMS relativo à aquisição de mercadorias de outra unidade da Federação para revenda no Rio Grande do Sul. A exigência tem sido feita pelo fisco gaúcho, com base na Lei Estadual 12.741/2007. Outros estados adotam a mesma prática. Para decidir a questão, a relatora do recurso, ministra Eliana Calmon, explicou que há duas modalidades de antecipação tributária: com e sem substituição.

Dívida da Natura

A Folha de S. Paulo e o jornal O Globo informaram que a Natura briga com Estados e União para evitar o pagamento de R$ 1,2 bilhão em impostos, multas e honorários. A empresa é controlada pelo empresário Guilherme Leal, pré-candidato a vice-presidente na chapa de Marina Silva (PV-AC). O valor supera o patrimônio líquido do grupo, que é de R$ 1,1 bilhão. A reportagem mostra que a gigante de cosméticos responde a cerca de 160 ações tributárias na Justiça. No entanto, seus advogados são otimistas: as causas em que consideram a condenação “provável” ou “possível” limitam-se a R$ 179,67 milhões, ou 15% do total.

Mais multa

O Ministério Público Eleitoral pediu, na terça-feira (1/6), ao Tribunal Superior Eleitoral a aplicação de mais três multas ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. Lula já foi condenado a pagar quatro multas e Dilma, duas. Dessa vez, o MP questionou a participação de ambos em eventos em comemoração ao Dia do Trabalho. O DEM ingressou com três representações e a vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, concluiu que o Tribunal deve multar Lula em todas. As informações são do jornal Valor econômico.

Condenado e foragido

Os jornais Estado de S. Paulo e O Globo informaram que, depois de 21 anos, o comerciante José Ramos Lopes Neto, 47 anos, marido de Maristela Just foi condenado a 79 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato da ex-mulher, ocorrido em abril de 1989, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, em Pernambuco. O julgamento acabou por volta das 3h desta quarta-feira (2/6). Ele foi condenado também por tentativa de homicídio contra os dois filhos. O réu está foragido.

Relações de consumo

Segundo informou o jornal DCI, o Superior Tribunal de Justiça entendeu que a proteção ao meio ambiente deve ser igualada às relações de consumo. Ao julgar recursos em ações civis ambientais, a corte aplicou a inversão do ônus da prova, princípio previsto no Código de Defesa do Consumidor. Em quatro casos, o Tribunal decidiu que as empresas é que devem provar que suas atividades não trazem danos à natureza. A orientação mostra a tendência de pacificar o tema e define o caminho seguido pelo STJ.

Novas regras

A Justiça vai estudar uma nova legislação para minimizar as restrições – e ao mesmo tempo regulamentar – aos bailes funk no Estado do Rio de Janeiro. Uma comissão proposta nesta terça-feira (1º/6), pelo procurador-geral de Justiça, Cláudio Lopes, estudará as mudanças na legislação estadual. A primeira reunião do grupo será na próxima segunda-feira, (7/6), no Ministério Público. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Sem privilégios

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou o fim da prisão especial aos portadores de diplomas de nível superior, a detentores de cargos e também de mandatos eletivos. Segundo o texto, a prisão especial só poderá ser concedida quando houver necessidade de preservação da vida e da integridade física e psíquica do preso, reconhecida pela autoridade judicial ou policial.

Fonte: Conjur

abortion clinics in greensboro nc weeks of pregnancy abortion vacuumhow to cheat on husband I cheated on my girlfriend catching a cheaterwife cheated on me now what i want to cheat on my wife wife wants to cheatwife wants to cheat robertsuk.com why do i want my wife to cheat on me

Acessos: 10

Associados da ANAJUSTRA Federal e seus dependentes de Alagoas têm 91 formas de economizar.

Restaurantes, aluguel de veículos, concessionárias, farmácias, escolas, academia, salão de beleza e muito mais.
Acesse anajustrabeneficios.com.br, faça login, filtre o seu estado e clique em “uso presencial”. Depois, aproveite os descontos e condições.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com o setor pelo e-mail beneficios@anajustrafederal.org.br ou por WhatsApp 6133226864.

🔷 Em Alagoas, a @anajustra representa os associados do
@trtalagoas 
@tre.alagoas 
7ª CJM
@trf5_oficial 

#anajustrafederal #alagoas #podejudiciário #justiçadotrabalho #justicaeleitoral #justicamilitardauniao #justiçafederal
📣A gente sempre guarda na memória uma experiência marcante ou alguma realização especial que vivenciamos no nosso trabalho.

Se você tem algum registro de um acontecimento marcante no Judiciário que participou ou testemunhou, divida com a gente e eternize esse momento no calendário ANAJUSTRA Federal 2025!

Acesse o hotsite em anajustrafederal.org.br 

#anajustrafederal #memoriasdojudiciário #calendario2025
A partir desta quinta-feira, 18/7, o Congresso Nacional entra em recesso parlamentar, que se estenderá até o final do mês. Durante este período, as atividades legislativas ficam suspensas, incluindo a tramitação de projetos importantes para os servidores públicos.

O recesso parlamentar é um período previsto na Constituição Federal, destinado ao descanso dos parlamentares, mas representa um momento de pausa nas discussões e votações de matérias que impactam diretamente a vida dos servidores públicos e da população em geral. Seguimos atentos e comprometidos com a defesa dos direitos dos servidores.

Qual projeto você está ansioso para ver a tramitação concluída? Conte nos comentários.

#RecessoParlamentar #CongressoNacional #ServidoresPúblicos #AnajustraFederal
Saúde é a coisa mais importante da vida! Nós acreditamos nisso.

E o conceito de estar saudável vai além da ausência de doenças. Trata-se de um estado de pleno equilíbrio, em que o ser humano apresenta bem-estar físico, mental e social.

Qualidade de vida é saúde!

#saúde #JUSaúde #anajustrafederal #planodesaude #confiança #qualidadedevida