Parlamentar

PLC 28/15 volta à pauta da CCJ e pode ser votado na 4ª

11/05/2015 11:17 | Fonte:

-

A+ A-

O reajuste para os servidores do Judiciário Federal, previsto no PLC 28/2015, pode ser votado pela Comissão de Constituição e Justiça  (CCJ) do Senado na quarta-feira, 13/5. O projeto é o terceiro item da pauta da 10ª reunião ordinária da Comissão, que ocorrerá no Anexo II, Ala Senador Alexandre Costa, Plenário nº 3, a partir das 10h.

A proposta teve pedido de vista apresentado pelo senador petista, Delcídio do Amaral, na última quarta-feira, 6/4. Líder do governo, Delcídio justificou seu pedido dizendo ser necessário "fazer um ajuste orçamentário prévio" à proposição.

Conforme o regimento interno da Casa, o recurso somente poderá ser aceito por uma única vez e pelo prazo máximo e improrrogável de cinco dias. 

Apoio

Na última sessão da CCJ do Senado, os senadores Eduardo Amorim (PSC-SE), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Walter Pinheiro (PT-BA), José Medeiros (PPS-MT), Rose de Freitas (PMDB-ES) e Antonio Anastasia (PSDB-MG) expressaram apoio total à proposta de recomposição salarial dos servidores do Judiciário.

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) também saiu em defesa da categoria, que está sem recomposição salarial desde 2006. "Fui relator do orçamento deste ano e tratamos do reajuste", disse ele ao garantir que todo o PMDB votará à favor da proposta.  

 

why women cheat why do men have affairs why married men cheat