Gerais

Mulheres presidem metade dos tribunais trabalhistas do país

27/03/2018 00:49 | Fonte:

-

A+ A-

Com a posse, na última sexta-feira, 23/3, das desembargadoras Maria Regina Machado Guimarães e Márcia Mazoni Cúrcio Ribeiro nos cargos de presidente e vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (Distrito Federal e Tocantins), as mulheres passaram a presidir a metade dos 24 tribunais trabalhistas do país.

Além do TRT-10, os seguintes colegiados da Justiça do Trabalho são presididos por desembargadoras: TRT-1 (Rio de Janeiro), TRT-4 (Rio grande do Sul), TRT-5 (Bahia), TRT-7 (Ceará), TRT-8 (Pará e Amapá), TRT-9 (Paraná), TRT-11 (Amazonas e Rondônia), TRT-12 (Santa Catarina), TRT-16 (Maranhão), TRT-21 (Rio Grande do Norte) e TRT-23 (Mato Grosso).

No seu discurso de posse – conforme o site do TRT-10, a desembargadora Maria Regina Machado Guimarães registrou “o simbolismo e o ineditismo da ascensão de duas mulheres que, juntas, pretendem dignificar a herança de grandes feitos institucionais das gestões anteriores”. A magistrada também falou da esperança de retomada do papel de destaque da Justiça Trabalhista no cenário nacional, com a valorização da magistratura como promotora da justiça social”.