Gerais

TRT18 recebe o Selo Diamante do CNJ

21/11/2017 10:10 | Fonte:

-

A+ A-

O TRT de Goiás recebeu, nesta segunda-feira, 20/11, o Selo Justiça em Números na categoria Diamante. Esta é a categoria mais elevada da premiação, criada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em reconhecimento à excelência da gestão da informação e da qualidade da prestação jurisdicional. Os tribunais brasileiros receberam premiação distribuída nas categorias Diamante, Ouro, Prata e Bronze. Apenas o regional trabalhista goiano e o Tribunal Superior do Trabalho (TST) receberam o selo Diamante, além do Tribunal Regional Eleitoral do Pará e Tribunal de Justiça de Sergipe.

A condecoração, que vem sendo conferida aos tribunais brasileiros desde 2004, foi entregue ao presidente Platon Teixeira Filho durante o 11º Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Brasília, que está sendo realizado no auditório do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O encontro, promovido anualmente pelo CNJ, deve aprovar até amanhã, 21/11, um conjunto de metas da Justiça para 2018 e tornar público o desempenho parcial dos tribunais no cumprimento das metas fixadas para este ano. As Metas Nacionais do Judiciário representam o compromisso firmado anualmente pelos presidentes dos tribunais brasileiros em prol da melhoria da prestação jurisdicional. 

O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, desembargador Platon Filho, ao receber o selo, disse que se sente orgulhoso de pertencer à 18ª Região. Ele atribuiu a conquista ao esforço dos magistrados e servidores e, especialmente, à administração anterior, capitaneada pelo hoje ministro do TST Breno Medeiros e pelo vice-presidente e corregedor, desembargador Paulo Pimenta. Ele comentou que o recebimento do selo atesta a qualidade dos serviços prestados pela 18ª Região. O TRT18 já havia conquistado durante dois anos consecutivos o Selo Ouro. 

O ministro Breno Medeiros ressaltou, por sua vez, a sua satisfação com o resultado alcançado pelo TRT18. “Achei muito importante para o nosso regional, principalmente porque foi o único tribunal regional do trabalho a receber o selo diamante neste ano de 2017. A realidade é que nós fizemos um bom trabalho, dentro das normas com foco na produtividade. Fico muito satisfeito de repassar a administração do TRT ao desembargador Platon com um selo de qualidade concedido pelo CNJ. Parabéns a todos do Tribunal!”, concluiu.

No XI Encontro Nacional, o texto final das metas para todas as áreas do Judiciário será votado pelos presidentes dos tribunais do País.