Gerais

TRT-SE foi destaque na meta 13 do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho de 2016

24/07/2017 10:59 | Fonte:

-

A+ A-

O Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT-SE) se destacou na Meta 13 do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho 2016, que se refere ao índice de alcance das metas que avalia o grau de cumprimento das metas da Justiça do Trabalho. Todas as Metas do Plano Estratégico tem pesos diferentes, se o TRT alcança valores de 80% a 89,99% ganha pontos de acordo com os pesos. O objetivo era atingir 55 pontos, que representa 80% de efetividade, e o TRT da 20ª Região obteve 58 pontos em 2015 e 61 pontos em 2016. Nos dois anos de execução do Plano, o Regional alcançou 88,41% de índice de efetividade. A Coordenadoria de Gestão Estratégica destaca que foi o único Tribunal que atingiu a meta nos dois anos de execução do plano estratégico.

O assessor de Gestão Estratégica Substituto do TRT-SE, Adriano Venceslau, aponta as principais ações que contribuíram para o destaque do Tribunal. Dentre elas está o monitoramento das metas judiciárias do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho e o processo de construção coletiva. Venceslau conta também que as Reuniões de Análise Estratégica (RAE), realizadas quadrimestralmente, o envio mensal dos resultados obtidos para as unidades envolvidas nas metas e 21 inspeções correicionais foram importantes mecanismos para o monitoramento e auxiliaram na obtenção do índice de 88,41% no alcance de metas.

Outra ação desenvolvida pelo TRT da 20ª Região foi colocar como objetivo um resultado superior a 90% em todas as metas. O processo participativo foi importante para obter esse resultado, de acordo com o servidor do TRT-SE. O processo começa com o Fórum de Gestão Estratégica, continua com um workshop para análise e consolidação das sugestões apresentadas e termina com a aprovação da revisão do Plano pelo Tribunal Pleno. “É a oportunidade dada a magistrados, servidores e entidades parceiras de sugerir iniciativas que viabilizem o cumprimento dessas metas”, explica o assessor de Gestão Estratégica.

Para o ano de 2017, o TRT-SE tem diversas iniciativas voltadas para o alcance de novas metas. A melhoria da estrutura do juízo de execução e a disseminação do conhecimento sobre gestão estratégica estão entre as ações previstas. Além disso, estão planejadas campanhas de incentivo à conciliação dos processos que envolvam grandes litigantes. As campanhas ajudariam a diminuir o acervo de maiores litigantes, objetivo previsto na Meta 10 do Plano Estratégico.

O caminho que o Regional percorreu até conseguir ser destaque foi permeado por desafios. O corte orçamentário de 2016 refletiu diretamente na implementação de iniciativas e projetos. Ainda assim, o maior foco foi realizar uma prestação jurisdicional efetiva. O assessor de Gestão Estratégica do TRT da 20ª Região destaca que é preciso transformar essas dificuldades em oportunidades, criar soluções criativas que dependam menos de novos recursos. Além disso, Adriano Leão afirma também que a efetividade do Regional trouxe a satisfação de dever cumprido.

Para os outros TRTs que desejam alcançar as metas e se destacarem, o servidor do TRT da 20ª Região destaca que a disseminação do conhecimento sobre as metas e o compartilhamento dos resultados é fundamental para que magistrados e servidores entendam e se engajem para o alcance dos objetivos. “Conhecimento e gestão participativa são as respostas para esse resultado”, resume Venceslau.