Gerais

TRTs param na próxima sexta

26/04/2017 10:40 | Fonte:

-

A+ A-

Marcada para a próxima sexta-feira, 28/4, a greve geral de trabalhadores das iniciativas privada e pública contra as reformas trabalhista e previdenciária ganhou o apoio dos Tribunais Regionais do Trabalho das 3ª, 5ª e 23ª Regiões, que suspenderam o expediente na data. 

Na 3ª Região, a decisão foi publicada na Portaria 166/2017, assinada pelos desembargadores Júlio Bernardo do Carmo e Fernando Antônio Viégas Peixoto, respectivamente presidente e corregedor do Tribunal. De acordo com a Portaria, o dia 28 de abril será considerado feriado e os prazos que venceriam na data ficam prorrogados para o primeiro dia útil seguinte. Casos urgentes serão atendidos em regime de plantão.
 

Conforme noticiado pelo site do TRT, a decisão foi tomada levando-se em consideração a confirmação da paralisação dos serviços de transporte público e da necessidade de se preservar a segurança de magistrados, advogados, servidores, estagiários e demais usuários da justiça trabalhista mineira, em um dia em que estão previstas manifestações sociais de grandes proporções.


O TRT5, em sessão especial, decidiu, por unanimidade, suspender o expediente na próxima sexta-feira, nas suas unidades judiciárias e administrativas, em todo o estado. Após decidirem pelo não funcionamento do órgão, vários desembargadores se pronunciaram contra as reformas propostas pelo Governo Temer, como noticiado pelo jornal Valor Econômico.

O Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) também suspendeu os prazos processuais e regimentais no dia 28 de abril e a medida atinge todas as varas do trabalho no estado, o Tribunal e as unidades administrativas.

A suspensão consta da Portaria 9/2017, emitida conjuntamente pela Presidência e Corregedoria do TRT. 

(Com informações dos TRTs 3, 5 e 23)