Gerais

Relatório do CSJT subsidia revisão das metas da Justiça do Trabalho

30/09/2015 10:01 | Fonte:

-

A+ A-

A Coordenadoria de Gestão Estratégica do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) elaborou Relatório de Resultados das metas do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho referente aos cinco primeiros meses de 2015. O documento apresenta dados e análises acerca da execução do Plano, indicando a tendência de cumprimento das metas até dezembro e avaliando a necessidade de realinhamento dos valores estabelecidos para o próximo quinquênio.

As informações constantes no Relatório subsidiaram o processo de revisão do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho, que contou com a participação dos 24 TRTs e a proposta consolidada antecipou os debates sobre as metas nacionais de 2016, discutidas na 2ª Reunião Preparatória realizada nos dia 15 e 16 deste mês. O evento, que estabelece as diretrizes a serem seguidas por cada âmbito do Poder Judiciário, é promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Para a supervisora da Coordenadoria de Gestão Estratégica do CSJT, Vívian Lopes “o Relatório desenvolvido pelo grupo da gestão estratégica do CSJT foi essencial para o processo de revisão do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho no que diz respeito ao realinhamento das metas”. “Com isso, a elaboração da proposta de metas nacionais para o próximo ano foi facilitada”, afirmou a supervisora.

A 2ª Reunião Preparatória contou com a participação de presidentes de Tribunais, juízes gestores de Metas, coordenadores e servidores de Gestão Estratégica, que puderam aprofundar as questões técnicas que impactam o alcance das metas.

De acordo com a coordenadora substituta de Gestão Estratégica do CSJT, Renata Freire “no papel de condução da oficina, percebemos que a gestão estratégica na Justiça do Trabalho vem amadurecendo cada vez mais. Os debates estão mais técnicos e alinhados, buscando metas realistas que propiciem desempenho crescente. Nesse sentido, as ações realizadas pela equipe de gestão estratégica do CSJT, junto aos TRTs, vêm contribuindo para a construção desse cenário”.

As metas estabelecidas durante a reunião serão submetidas à aprovação dos presidentes dos Tribunais no 9º Encontro Nacional do Poder Judiciário, que será realizado em novembro.