Gerais

Sistema auxilia no controle de prazos e gerenciamento de processos do PJe-JT

09/09/2014 11:46 | Fonte:

-

A+ A-

No mundo corporativo, costuma-se dizer que existem duas formas de gastar energia: uma é focar no problema; outra, na solução dele. O servidor Fernando de Medeiros Marcon, da VT de Palhoça, sempre preferiu a segunda opção, e como resultado disso desenvolveu uma ferramenta que está ajudando boa parte dos colegas que trabalham com o PJe-JT.

Trata-se do Sistema de Gestão Auxiliar ao PJe-JT. Sem alterar o código-fonte ou a base de dados do projeto nacional, ele supre uma de suas principais carências: o controle de prazos internos da secretaria, aqueles que fogem ao fluxo automatizado do sistema, como as intimações realizadas pelos Correios, por exemplo. Além disso, permite que sejam feitas observações relativas a esses prazos, indicando avisos e atividades subsequentes – o equivalente aos 'bilhetinhos' dos processos físicos.

O programa já está rodando em 23 das 25 varas que utilizam o PJe-JT e, ao que tudo indica, está mais do que aprovado. Com apenas um mês de uso, já foram lançados mais de 5,4 mil prazos e 2 mil observações. O próximo objetivo da Coordenação do PJe-JT e da Secretaria de Informática (Seinfo), que abraçou a ideia de Fernando e a lapidou para que pudesse ser expandida, é oferecer a funcionalidade ao segundo grau.

A principal vantagem da ferramenta, segundo seu criador, é libertar as varas da tarefa diária de verificar, em cada uma das pastas de fluxo do PJe-JT, o monitoramento dos prazos. “Isso era o que mais incomodava, pois tínhamos que abrir pasta por pasta do painel de tarefas, processo por processo, para ter o mínimo de controle”, lembra Fernando, servidor desde 2005 e sempre atuando em varas – antes de Palhoça, trabalhou na 2ª de Tubarão e na de Araranguá.

Agora, todos os processos com prazos vencidos ficam armazenados em uma única pasta, conforme a fase processual em que se encontram (conhecimento, liquidação ou execução). Para monitorá-los, basta gerar um relatório a partir da ferramenta criada por Fernando e aperfeiçoada por dois novos analistas de TI da Seinfo (leia a matéria seguinte).

O diretor da Seinfo, Gustavo Besteti Ibarra, destaca ainda um outro benefício: a redução da sobrecarga do sistema, já que as inúmeras subpastas criadas pelos servidores para controlar manualmente os prazos se tornam inúteis e deixam de ser acessadas. “Em algumas situações, isso evita mais de 360 consultas ao banco de dados do PJe-JT, ou seja, com a intensificação do uso desta solução, o sistema deixará de receber milhares de acessos desnecessários por dia, melhorando seu desempenho”, explica.

Acesso bloqueado

Graduado em Sistemas de Informação pela Unisul, Fernando conta que a ideia de desenvolver o sistema surgiu quando, certa vez, tentou mas não conseguiu acessar sua conta no Banco do Brasil pela internet. O site informava que era necessário “atualizar o plugin de segurança do navegador Firefox”.

Imaginou, então, se seria possível desenvolver um complemento (plugin, na linguagem de TI) para o Firefox integrado à planilha de controle manual de prazos da secretaria, que ele havia elaborado no Google Drive, aproveitando as informações da tela inicial do PJe-JT.

E desenvolveu. Durante nove meses, ele e o diretor de secretaria, Ibis de Moura Cassal, mobilizaram a equipe da VT de Palhoça para testar ao máximo o embrião do sistema atual, sempre com o apoio do juiz titular da unidade, José Carlos Külzer.

Quando percebeu que a ferramenta poderia se tornar uma solução mais abrangente, Fernando procurou o colega Luiz Alexandre Bergmann, da Unidade de Suporte Operacional (USO) do PJe-JT, para apresentá-la à Seinfo, cujo papel no aperfeiçoamento do projeto pode ser acompanhado na matéria seguinte.

Novos servidores da Seinfo aperfeiçoaram sistema de Gestão Auxiliar ao PJe-JT

A participação da Secretaria de Informática foi decisiva para que o sistema criado por Fernando Marcon ganhasse escala e pudesse ser expandido para as demais varas que utilizam o PJe-JT. “Percebemos o potencial da ferramenta de imediato e resolvemos transformá-la num projeto”, conta o diretor da área, Gustavo Ibarra.

A missão de aperfeiçoar o sistema coube a dois novos analistas de TI aprovados no último concurso. Tiago Pires Carneiro e Leonardo Taglietti entraram em exercício no mesmo dia, 22 de maio, mas não se intimidaram com o desafio. Com a colaboração de Fernando e a equipe da Unidade de Suporte Operacional (USO), eles melhoraram a interface, reestruturaram o sistema para o aproveitamento pelo segundo grau e viabilizaram sua utilização remota (via intranet), além de fazer uma modificação que permitiu a geração de relatórios de prazos vencidos.

Para Leonardo, o principal desafio do projeto foi trabalhar com uma tecnologia que não conhecia, além da adaptação aos padrões de TI utilizados pela Seinfo. “Acredito que nossa vivência anterior no serviço público ajudou bastante esse começo de trajetória aqui na Justiça do Trabalho”, diz o servidor. Leonardo trabalhou oito anos no Tribunal de Justiça estadual, enquanto Tiago ficou cinco anos na Dataprev, a empresa de tecnologia em informações da Previdência Social.

Tiago ressalta que o sistema de Gestão Auxiliar ao PJe-JT pode ganhar novas funcionalidades e melhorias a partir de sugestões dos próprios usuários, indo além do controle de prazos. Isso porque foi desenvolvido internamente e, portanto, eventuais alterações são mais fáceis de executar.

Duas dessas funcionalidades têm auxiliado bastante a 4ª Vara do Trabalho de Florianópolis, apenas para dar um exemplo. São atalhos para se chegar às telas de retificação da autuação e de consulta de dados de advogados, melhorando a usabilidade do PJe-JT. “O que temos utilizado bastante dessa ferramenta são as observações de caráter interno, que nos auxiliam a ter um melhor gerenciamento dos processos”, diz a diretora de secretaria da unidade, Andréa Guidotti Dillmann.

Para Fernando Marcon, a boa vontade de todos foi decisiva para levar sua ideia adiante, desde o apoio da direção de secretaria, passando pela intermediação da USO e culminando com a entrada da Seinfo no projeto. “Foi um caso típico de sinergia”, finaliza o servidor.

abortion real life stories can taking birth control terminate a pregnancy abortion clinics rochester ny
abortion clinics in greensboro nc abortion clinics in the bronx abortion vacuum