Nos Tribunais

Gestão de processos e gerenciamento de rotinas otimiza o trabalho no TRT20

18/10/2010 09:23 | Fonte:

-

A+ A-

O Tribunal Regional do Trabalho do Piauí quer melhorar as rotinas de trabalho e com isso agilizar o andamento das tarefas e evitar o chamado o trabalho dobrado, tanto para servidores quanto para magistrados. A proposta é buscar, constantemente, melhorar o serviço prestado à sociedade.

Com esta proposta foi realizado na semana passada, no auditório do Fórum trabalhista Jesus Fernandes Oliveira, o workshop  "Gestão de processos e gerenciamento de rotinas" com palestras do assessor de estatística e gestão estratégica do TRT 20ª Região (Sergipe) , Adriano Leão Venceslau.

Organizado pelo Núcleo de Estatística e Gestão Estratégica (Nucege) do TRT-PI, o workshop  teve como objetivo o cumprimento da meta 5 do CNJ, que estabelece a implantação de método de gerenciamento de rotinas (gestão de processos de trabalho) em pelo menos 50% das unidades judiciárias de 1º grau.

O curso teve como público alvo diretores de varas, assistentes de diretor, chefes de audiência, assistente chefe da seção de distribuição e  assistente chefe da seção de protocolo geral e na  sexta (08) o conteúdo foi voltado especificamente para juízes de 1º grau e diretores das varas.

O conteúdo ministrado teve como foco o mapeamento das rotinas na fase de conhecimento, da distribuição até a sentença e englobou nivelamento conceitual, melhoria de processos e validação do fluxograma a fim de possibilitar  a análise e a melhoria contínua dos trabalhos e  a otimização do uso dos recursos disponíveis.

O assessor de estatística e gestão estratégica do TRT/20, Adriano Leão Venceslau, afirma que a melhoria das  atividades pode ser obtida através da  padronização de rotinas, foco nos usuários internos e externos e administração participativa. Para ele este workshop é de grande importância para o desenvolvimento de metodologias adequadas a fim de alcançar os objetivos organizacionais.

"O workshop possibilita auxiliar o público-alvo no sentido de identificar as melhores práticas laborais adotadas entre os servidores, além de dar transparência institucional aos funcionamentos, seja através de fluxos ou procedimentos", disse Adriano.

Ele define os Diretores de Vara como aliados da gestão e cita os principais pontos do curso. "É necessário identificar as etapas da necessidade para que possa  instituir em definitivo as formas de trabalho; é importante frisar que os diretores das varas devem ser facilitadores da gestão da organização", pontua.

"A padronização das rotinas otimiza o processo"

Para a diretora da 4ª Vara do Trabalho, Leila Marques, o curso possibilita o aumento de conhecimentos voltados para melhorar a gestão das varas como um todo "Sempre achei muito importante que as varas adotassem procedimentos similares, acredito que a padronização das rotinas otimiza o processo", afirma.

O diretor da Vara do Trabalho de  Floriano, Luciano Portela, também esteve presente no evento e afirmou que este encontro de diretores é importante para troca de informações que visem a otimização das atividades: "O planejamento das rotinas proporciona agilização nos procedimentos e permite que aprimore a gestão dos processos, gerando resultados mais efetivos",. pontua.

O Juiz titular da Vara de Picos e coordenador do Nucege, Francílio Bibio Trindade de Carvalho, esteve presente no último dia do workshop e afirma que o curso é de suma importância e proporciona benefícios, já que auxilia  melhorias dos procedimentos "O curso ajuda a otimizar procedimentos e é de grande valia, tendo em vista que tudo que fazemos na Justiça do trabalho é visando melhorar a prestação jurisdicional e conciliar com o princípio da duração razoável do processo", afirma.

Segundo a assessora do Nucege, Kaplann Moura, a experiência do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª região tanto auxiliará o público alvo para cumprir a meta 5 do CNJ quanto irá contribuir para  efetivar projetos "Além de auxiliar o cumprimento da meta 5, o workshop permitirá a concretização do nosso projeto do planejamento estratégico, que é o de padronizar as rotinas, para isso buscamos  o auxílio do TRT/20 Região, tendo em vista que este sistema de Gestão da Qualidade foi implantado nas Varas do Trabalho de Aracaju em 2002",explica.

O Tribunal Regional do Trabalho do Piauí (TRT/22) está sempre buscando melhorar ainda mais a qualificação de seus servidores a fim de cumprir metas com eficiência e garantir a  melhor prestação jurisdicional.

Fonte: TRT20

why women cheat cheaters why married men cheat
why women cheat cheaters why married men cheat