Servidora do TRT2 se dedica às escritas literária, jurídica e preside Associação de Aposentados

28/09/2018 10:51
A+ A-

Maria Alice Gurgel do Amaral é servidora aposentada do TRT2 e atua em três frentes da vida: é poeta, pós-doutora pela Universidade de Sorbonne e presidente da Associação dos Aposentados da Justiça do Trabalho (Aajust). Graduada em Jornalismo e Direito, ela se dedica tanto à escrita literária quando a técnica-jurídica, resultado de sua atuação na JT.

No post publicado em 2017, no Espaço Cultural, Maria Alice contava a experiência de ver alguns poemas de sua autoria publicados em livro e da escrita poética no seu cotidiano. “Sinto também que essa rotina exigente na qual todos estamos inseridos, não me exaure a ponto de me retirar da magia da vida e da poesia. Pelo contrário, o movimento da vida sempre me arrebata, me tornando refém de uma dimensão menos concreta, e consigo compatibilizar o dia a dia e a transcendência da experiência de escrever”, disse.

Esse ano, ela compartilhou uma crônica escrita para homenagear a mãe de uma colega do TRT, que completou 96 anos. A observação da comemoração do aniversário resultou na crônica "Alegria na longevidade" que pode ser lida no Espaço Cultural.

Maria Alice também é dedicada aos estudos sobre relações trabalhistas e, em 2016, participou de um debate sobre a pesquisa de pós-doutorado, realizada junto à Ècole de Droit, da Universidade Sorbonne, em Paris, na França. Promovido pelo jornal Estado de Direito, do Rio Grande do Sul, da qual é colunista, Maria Alice palestrou com o objetivo de "examinar a realidade fática da pessoa humana do trabalhador, através de estatísticas, relatos e, ao mesmo tempo, desenvolver reflexões e propor soluções", afirmou.

A palestra completa pode ser vista logo abaixo.

Além da palestra, é possível conhecer a escrita técnica da servidora pelo livro "A Efetivação do Direito na Execução Trabalhista", de sua autoria, vendido pelo site Estante Virtual. Ou por artigos com temáticas jurídicas, entre eles, o intitulado "As repercussões da globalização no Direito do Trabalho", publicado em edição impressa e eletrônica, como resultado dos eventos: XVIII Congresso Internacional e XXI Congresso Ibero-americano de Direito Romano.

A frente mais recente de atuação da servidora é na defesa dos direitos dos aposentados. Maria Alice é a atual presidente da Associação dos Aposentados da Justiça do Trabalho (Aajust) de São Paulo e atuou junto a outras associações e intelectuais defendendo a cidadania de idosos da capital paulista, de acordo com reportagem do site Rede Brasil Atual.

Para conhecer um pouco mais da atuação de Maria Alice na escrita literária, técnica ou sua experiência na Associação dos Aposentados, envie e-mail para alice.bga@gmail.com.

Últimas