Relembre os autores de romance que passaram pelo Espaço Cultural

21/10/2014 11:35
A+ A-

Qual é a coisa que você mais gosta de fazer nas horas vagas? Escrever, pintar, cantar, viajar? Aqui no Espaço Cultural, já passaram diversos servidores(as) que aliam seu trabalho na Justiça Trabalhista com a elaboração de obras artísticas. Eles compartilharam poesias, crônicas, histórias de autoajuda, e também conhecimentos na área jurídica.

Desde 2008, muita obra passou por aqui. Então, resolvemos fazer um vale a pena ver de novo literário. Mostramos os servidores que escreveram livros jurídicos e os escritores de poemas e poesias. Agora, chegou a vez de você relembrar os escritores de romance. Confira:

A servidora do TRT9, Edeni Mendes da Rocha compartilhou no Espaço Cultural o livro “Tempestade – A Última Chance”. A obra é um romance sobre conflitos e relacionamentos humanos. Essa é a quarta obra publicada por Edeni, que também é autora de Confissões de um Homem Mediano, Breve História de Amor e da série Bobices de Uma Mulher Surtada e Desesperada, além de contos e crônicas.

Já o servidor David Messias dos Santos Junior, do TRT15, é autor do livro “O Propósito”. Classificado como romance de ficção, o livro conta a estória de um personagem que sofre uma epifania ao se deparar com a sensação de quase morte, passando a viver numa realidade paralela, numa viagem dinâmica, reveladora e emocionante.

A servidora do TRT da 6ª Região, Geovania Freitas, escreveu o livro “Pernambucana”. A obra é inspirada em contos e fatos da década de 80, abordando a ditadura militar em Pernambuco. "O livro é um romance regional que trata dos efeitos da ditadura nos anos 80 sobre o povo e a cidade do interior de Pesqueira, no agreste pernambucano. Nele também é abordado temas como o preconceito racial e homossexual,  e a diferença cultural do povo do agreste em comparação ao povo litorâneo”, disse.

Hider Torres do Amaral, servidor do TRT20, é o autor do romance “Além do Mar dos Confins”. A obra se desenrola em torno do mar, ambiente familiar ao autor, que é praticante de caça submarina e pescador há mais de 20 anos. O livro conta a vida de uma família que tem no sangue a maresia e as dificuldades do lugar onde vivem. “Não existem heróis ou vilões. Apenas pessoas simples, rudes e normais, recheadas de defeitos e virtudes”, revela Hider.

Se você também é escritor e quer divulgar o seu trabalho no Espaço Cultural, entre em contato. Será um prazer divulgar sua produção no Blog.

after an abortion site las vegas abortion clinics

Qual é a coisa que você mais gosta de fazer nas horas vagas? Escrever, pintar, cantar, viajar? Aqui no Espaço Cultural, já passaram diversos servidores(as) que aliam seu trabalho na Justiça Trabalhista com a elaboração de obras artísticas. Eles compartilharam poesias, crônicas, histórias de autoajuda, e também conhecimentos na área jurídica.

Desde 2008, muita obra passou por aqui. Então, resolvemos fazer um vale a pena ver de novo literário. Mostramos os servidores que escreveram livros jurídicos e os escritores de poemas e poesias. Agora, chegou a vez de você relembrar os escritores de romance. Confira:

A servidora do TRT9, Edeni Mendes da Rocha compartilhou no Espaço Cultural o livro “Tempestade – A Última Chance”. A obra é um romance sobre conflitos e relacionamentos humanos. Essa é a quarta obra publicada por Edeni, que também é autora de Confissões de um Homem Mediano, Breve História de Amor e da série Bobices de Uma Mulher Surtada e Desesperada, além de contos e crônicas.

Já o servidor David Messias dos Santos Junior, do TRT15, é autor do livro “O Propósito”. Classificado como romance de ficção, o livro conta a estória de um personagem que sofre uma epifania ao se deparar com a sensação de quase morte, passando a viver numa realidade paralela, numa viagem dinâmica, reveladora e emocionante.

A servidora do TRT da 6ª Região, Geovania Freitas, escreveu o livro “Pernambucana”. A obra é inspirada em contos e fatos da década de 80, abordando a ditadura militar em Pernambuco. "O livro é um romance regional que trata dos efeitos da ditadura nos anos 80 sobre o povo e a cidade do interior de Pesqueira, no agreste pernambucano. Nele também é abordado temas como o preconceito racial e homossexual,  e a diferença cultural do povo do agreste em comparação ao povo litorâneo”, disse.

Hider Torres do Amaral, servidor do TRT20, é o autor do romance “Além do Mar dos Confins”. A obra se desenrola em torno do mar, ambiente familiar ao autor, que é praticante de caça submarina e pescador há mais de 20 anos. O livro conta a vida de uma família que tem no sangue a maresia e as dificuldades do lugar onde vivem. “Não existem heróis ou vilões. Apenas pessoas simples, rudes e normais, recheadas de defeitos e virtudes”, revela Hider.

Se você também é escritor e quer divulgar o seu trabalho no Espaço Cultural, entre em contato. Será um prazer divulgar sua produção no Blog.

after an abortion site las vegas abortion clinics

Últimas