Centro de Memória do TRT-MG integra programação do evento Noturno nos Museus

14/07/2015 11:32
A+ A-

Memórias, fotografias, livros, diários, móveis, músicas, pinturas e outros fragmentos (palpáveis ou não) proporcionam uma imersão no passado e podem revelar detalhes sobre uma história como a da justiça trabalhista mineira. Desde 1997, o Centro de Memória da Justiça do Trabalho de Minas Gerais (CMJT-MG) preserva os principais documentos e objetos que um dia já foram utilizados por servidores e magistrados do Regional e hoje estão disponíveis ao público na exposição de longa duração "Trabalho & Cidadania".

Este ano, o Centro de Memória vai estrear no dia 17 de julho, na programação do evento "Noturno nos Museus", realizado pela Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, que tem como finalidade valorizar os espaços culturais da cidade e realizar visitas em horários alternativos. A inclusão do TRT-MG na programação do evento visa transformar o prédio da antiga sede do Tribunal em referência histórica de acervos e de eventos sociais e educativos da Justiça do Trabalho no estado.

As atrações

A exposição "Trabalho & Cidadania" será o ponto de partida para os visitantes que participarem do evento no dia 17 de julho, sexta-feira, com início às 14h, na sede do TRT3, situado na Avenida Getúlio Vargas, nº 225, no bairro Funcionários. Na sequência da programação, às 15 horas, haverá a participação especial da juíza Denizia Vieira Braga, titular da 40ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, com momento de contação de histórias.

Terão exibições, a partir das 19 horas, do curta-metragem "Assis 3 x 4", dirigido por Ricardo Murad. O filme tem cinco minutos de duração, classificação livre, e conta um pouco da história de vida do fotógrafo e artista mineiro Assis Horta, que se dedicou a retratar trabalhadores. Por meio desse "curta", é possível conhecer um pouco de Assis Horta e um breve ensaio sobre a sua obra.

Às 19:30 horas, acontecerá a apresentação do grupo Caixinha de Phósphoros, que pesquisa e estuda a execução, o repertório, a sonoridade original e a interpretação da música instrumental mais brasileira: o choro. O grupo é composto por André Salles Coelho, na flauta; Paulo Thomaz, no violino; Tereza Moura, no pandeiro e Elmo Sepúlveda, no fagote e tiple. 

Confira a programação completa e as atrações na cidade de Belo Horizonte no site do evento.

*Com informações do TRT3

abortion clinics in greensboro nc during pregnancy abortion vacuum
after an abortion site las vegas abortion clinics
how to cheat on husband I cheated on my girlfriend catching a cheater

Memórias, fotografias, livros, diários, móveis, músicas, pinturas e outros fragmentos (palpáveis ou não) proporcionam uma imersão no passado e podem revelar detalhes sobre uma história como a da justiça trabalhista mineira. Desde 1997, o Centro de Memória da Justiça do Trabalho de Minas Gerais (CMJT-MG) preserva os principais documentos e objetos que um dia já foram utilizados por servidores e magistrados do Regional e hoje estão disponíveis ao público na exposição de longa duração "Trabalho & Cidadania".

Este ano, o Centro de Memória vai estrear no dia 17 de julho, na programação do evento "Noturno nos Museus", realizado pela Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, que tem como finalidade valorizar os espaços culturais da cidade e realizar visitas em horários alternativos. A inclusão do TRT-MG na programação do evento visa transformar o prédio da antiga sede do Tribunal em referência histórica de acervos e de eventos sociais e educativos da Justiça do Trabalho no estado.

As atrações

A exposição "Trabalho & Cidadania" será o ponto de partida para os visitantes que participarem do evento no dia 17 de julho, sexta-feira, com início às 14h, na sede do TRT3, situado na Avenida Getúlio Vargas, nº 225, no bairro Funcionários. Na sequência da programação, às 15 horas, haverá a participação especial da juíza Denizia Vieira Braga, titular da 40ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, com momento de contação de histórias.

Terão exibições, a partir das 19 horas, do curta-metragem "Assis 3 x 4", dirigido por Ricardo Murad. O filme tem cinco minutos de duração, classificação livre, e conta um pouco da história de vida do fotógrafo e artista mineiro Assis Horta, que se dedicou a retratar trabalhadores. Por meio desse "curta", é possível conhecer um pouco de Assis Horta e um breve ensaio sobre a sua obra.

Às 19:30 horas, acontecerá a apresentação do grupo Caixinha de Phósphoros, que pesquisa e estuda a execução, o repertório, a sonoridade original e a interpretação da música instrumental mais brasileira: o choro. O grupo é composto por André Salles Coelho, na flauta; Paulo Thomaz, no violino; Tereza Moura, no pandeiro e Elmo Sepúlveda, no fagote e tiple. 

Confira a programação completa e as atrações na cidade de Belo Horizonte no site do evento.

*Com informações do TRT3

abortion clinics in greensboro nc during pregnancy abortion vacuum
after an abortion site las vegas abortion clinics
how to cheat on husband I cheated on my girlfriend catching a cheater

Últimas