Acervo

Centro-Oeste oferece 1.883 vagas com salários de até R$ 7 mil

07/02/2008 00:00 | Fonte:

-

A+ A-
A Região Centro-Oeste tem 1883 vagas em oito concursos públicos com inscrições abertas neste mês. Há oportunidades para candidatos de diversas áreas e níveis de escolaridade. No Distrito Federal, os setores de transporte urbano e o Ministério de Relações Exteriores concentram 237 cargos. Em Goiás, o Ministério Público seleciona promotores e a universidade federal, professores efetivos. No Mato Grosso, a carreira militar escolhe 26 para curso de formação de oficiais. Já em Mato Grosso do Sul, são 539 chances para professores, 700 para guarda municipal e outras 331 para a Polícia Civil.

A Secretaria de Planejamento do Distrito Federal autorizou a abertura de 137 vagas para o Transporte Urbano do DF (DFTrans). Com jornada semanal de 30 horas, serão selecionados técnicos e analistas de transportes urbanos. Para o cargo que exige nível superior, podem se candidatar pessoas com graduação em administração (seis vagas), arquivologia (duas vagas), ciências contábeis (cinco vagas), direito (quatro vagas), economia (seis vagas) e jornalismo (uma vaga). Outras 16 vagas estão disponíveis para qualquer formação superior. No nível técnico são oferecidas 95 oportunidades para agente administrativo e duas para técnico em contabilidade Todas exigem ensino médio completo.

O processo seletivo será por meio de provas objetivas que abordam conhecimentos básicos (língua portuguesa, informática e atualidades), complementares (Lei Orgânica do DF) e específicos (de acordo com o cargo). A avaliação será aplicada no dia 6 de abril. Pela manhã para os analistas e à tarde para os técnicos. Os locais de prova serão divulgados nos dias 25 e 26 de março.

O Ministério de Relações Exteriores (MRE) abriu concurso público para preencher 100 vagas para auxiliar de chancelaria. Para concorrer é preciso ter concluído o ensino médio e ser maior de 18 anos. As oportunidades são para o Distrito Federal ou escritórios de representação do MRE no Brasil.

Cabe ao auxiliar de chancelaria “prestar apoio administrativo ao servidores da carreira diplomática, abrangendo atividades de secretariado, digitação, processamento de dados, inclusive de textos técnicos em idiomas estrangeiros, executar serviços de apoio administrativo em tarefas peculiares ao MRE”, segundo descrição do edital. A jornada de trabalho semanal será de 40 horas, com remuneração de R$ 1.542,23.

Segurança pública
A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul oferece 30 vagas para delegado, 61 para perito forense, 150 para escrivão, 50 para investigador e 22 para papiloscopista. Para se candidatar, o interessado deve ter entre 21 e 45 anos e curso superior nas áreas de: direito, ciências contábeis, engenharia elétrica, eletrônica, de redes de comunicação ou telecomunicação; engenharia da computação, ciências da computação ou análise de sistemas e medicina.

Todos os candidatos passarão por provas de conhecimento (objetivo, discursivo e prática de informática), prova de títulos, avaliação médica e psicológica, prova de aptidão física, investigação social e curso de formação.

Para a guarda municipal, a prefeitura de Campo Grande (MS) tem 700 vagas, 630 para homens e 70 para mulheres. A remuneração é de R$ 401,63 mais adicionais de operações especiais de até 50%, para carga de 180 horas mensais. O interessado deve ter o ensino fundamental completo para se candidatar. Na prova objetiva, que será realizada no dia 9 de março, serão cobrados conhecimentos de língua portuguesa e matemática. A taxa de inscrição é de R$ 50.

A Universidade estadual de Mato Grosso realiza seleção para ingresso no curso de formação de oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Entre as 20 vagas para a PM, duas são para mulheres, mesmo número oferecido no concurso dos Bombeiros. A inscrição deve ser feita exclusivamente pelo www.unemat.br/concursos. A seleção é composta por cinco etapas: teste físico, avaliação psicológica, prova de conhecimentos gerais, exames médicos e odontológicos, investigação social e funcional. Nas provas objetivas serão exigidos conhecimentos de história e geografia de Mato Grosso, química, física, literatura, línguas portuguesa e estrangeira. O resultado final será divulgado em 18 de abril.

Educação
A prefeitura de Campo Grande também está selecionando 539 professores de educação infantil e de ensino fundamental. Todos os docentes devem ter diploma de curso superior. O salário inicial é de R$ 747,26 mais gratificação de 20% de regência para 20 horas semanais. A adesão pode ser feita pela internet ou nas agências dos Correios listadas no edital.

Para concorrer, os candidatos passarão por três etapas de avaliação: provas objetiva, dissertativa e de títulos. O cargo de professor de ensino fundamental (1º ao 5º ano) concentra o maior número de vagas, 345. Seguido da oferta de professores de artes do 1º ao 9º ano, que são 140.

Em Goiás, a universidade federal lançou quatro editais para contratar docentes substitutos e efetivos para atuar em Goiânia e em Jataí. São 48 vagas, 24 na capital e 24 no interior, para as áreas de ciências agrárias, letras, educação física, veterinária, odontologia e educação. Os editais são encontrados no www.prodirh.ufg.br. Os interessados devem procurar a secretaria de cada instituto para fazer a inscrição.

O Ministério Público de Goiás oferta 20 vagas para promotor de justiça substituto, entre elas uma é destinada a portadores de necessidades especiais. O site do órgão (www.mp.go.gov.br) disponibiliza as provas realizadas nas últimas duas seleções, em 2004 e 2005. O candidato deve ter graduação em direito e, pelo menos, três anos de atividades jurídicas comprovadas. A primeira etapa está prevista para 30 de março.

FOnte: Correio Web
abortion real life stories abortion pill costs abortion clinics rochester ny
how to terminate a pregnancy naturally cost of abortion pill abortion clinics in oklahoma
i want to cheat on my wife i cheated on my wife now what cheat on your spouse
when your wife cheats read how to know your wife cheated