Acervo

Ministra Ellen Gracie inaugura TV Justiça em canal aberto às 18h

15/08/2007 00:00 | Fonte:

-

A+ A-
Após cinco anos no ar como canal por assinatura, o Supremo Tribunal Federal (STF) inaugura logo mais, às 18h, o primeiro canal da TV Justiça com sinal aberto. É o canal 53/UHF, que vai transmitir sua programação para todo o Distrito Federal.

A inauguração será realizada no Salão Branco do STF, com a presença da presidente do STF, ministra Ellen Gracie. A solenidade, que integra as comemorações do Bicentenário do Judiciário Independente no Brasil ? 1808-2008, será transmitida ao vivo pela TV Justiça e inclui a apresentação de um vídeo institucional da TV, seguida dos discursos da ministra Ellen Gracie e do secretário de Comunicação Social do Supremo, Delorgel Kaiser.

A portaria de consignação do primeiro canal em sinal aberto da TV Justiça foi assinada pelo ministro Hélio Costa, das Comunicações, no dia 8 de junho do ano passado, durante audiência concedida à presidente do STF, ministra Ellen Gracie.

De lá para cá, as equipes de engenharia e técnica da TV Justiça vêm se empenhando para a entrada no ar do canal 53. Os canais UHF são de baixa freqüência, possibilitando transmissões de alcance regional.

O transmissor e a antena do canal foram instalados no Centro de Transmissão do Posto Colorado, em área cedida pelo governo do DF para construção de uma torre que já abriga equipamentos semelhantes aos das TVs Câmara e Senado. Para permitir a utilização dessa área, o STF realizou obras de reforma na sala dos transmissores, por meio de um convênio assinado com as duas casas legislativas.

Na primeira fase de funcionamento do canal 53, a programação será praticamente a mesma que já é veiculada no canal por assinatura e captada também nos lares com antena parabólica e receptor digital. De um total de 52 programas exibidos atualmente pela TV Justiça, 32 terão exibição assegurada no Canal 53. Uma exclusividade do canal será a apresentação das duas edições do Jornal da Justiça ? edição local, uma ao meio-dia e outra às 20 horas, além de dois boletins locais, às 20h30 e às 16h30. O jornal terá duração de 20 minutos, cada edição; os boletins, cinco minutos.

O noticiário local será produzido pela equipe da TV Justiça, com colaboração dos parceiros, como o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Tribunal Regional Federal (TRF-1), Tribunal Regional Eleitoral (TRT), Ministério Público (MPDF), OAB e outras entidades do Judiciário no Distrito Federal.

Fonte: STF
why women cheat reasons why women cheat on their husbands why married men cheat
abortion clinics in greensboro nc weeks of pregnancy abortion vacuum
abortion clinics in greensboro nc abortion clinics in the bronx abortion vacuum
how to cheat on husband reasons why wives cheat on their husbands catching a cheater